Mais de cinco mil crianças estudam em salas precárias no Candembe

Cinco mil e 400 alunos da iniciação a 6ª classe estudam, no bairro Candembe, o maior da cidade de Saurimo (Lunda Sul), em oito salas precárias (feitas de chapa de zinco), o que dificulta o processo de ensino e aprendizagem, segundo o director do Gabinete Provincial da Educação, Perfeito Candondolo.

LUNDA SUL: ALUNOS

FOTO: HÉLDER DIAS

O responsável fez saber que esta situação, associada a falta de energia eléctrica, condiciona a inserção de cidadãos com idades acima dos 30 anos, no sistema de ensino, com vontade de estudar no período nocturno.

Para resolver a situação, iniciaram hoje (sexta-feira), as obras de construção de uma escola primária de 12 salas de aulas, que será erguida numa área de 850 metros quadrados.

O projecto enquadrado num programa especial, cujo prazo de execução será de 12 meses, está orçado no valor de 100 milhões de Kwanzas, e comportará áreas de lazer, gabinetes administrativos, entre outros compartimentos.

Segundo o director da Educação, a entrada em funcionamento do empreendimento, vai permitir para além da inserção de mais crianças no sistema, se implemente o programa de alfabetização.

Disse que para satisfazer a demanda e acabar com a superlotação, a província precisa de mil e 744 novas salas de aulas.

Actualmente a província da Lunda Sul conta com um total de 272 escolas de diferentes níveis de ensino, perfazendo mil e 438 salas de aulas, que no presente ano lectivo albergam 243 mil e 741 alunos, assegurados por três mil e nove professores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *