AngolaNotícias

MPLA: Nota de repúdio ao Jornal Folha 8 on line

O Departamento de Informação e Propaganda do Bureau Político do MPLA, vem por meio desta nota oficial, repudiar a forma pouco cordata e de flagrante falta de ética jornalística constante no titulo do artigo de opinião veiculado pelo jornal folha 8, no dia 17 de Março de 2019, com o titulo “Luísa Damião é nojenta”.

Fonte: MPLA

Contestamos veementemente, a forma leviana como é titulado o referido artigo, onde a Vice-Presidente do MPLA que prestou solidariedade a família da cidadã Julia Cafrique, na qualidade de mãe/mulher, é a figura visada. Consideramos o titulo do artigo infeliz e descabido, pois, independentemente das convicções do seu autor, achamos que a direcção do jornal tem a obrigação de assegurar-se que cada noticia, artigo ou entrevista divulgados, cumpram com o estabelecido nos termos da Lei, quanto aos limites ao exercício da liberdade de imprensa e de opinião. Além de constituir uma ofensa a todas as mulheres e mães de Angola, o adjectivo usado para titular o aludido artigo, constitui um atropelo grave as mais elementares normas que regem a actividade jornalística.

O MPLA considera que a imprensa desempenha um papel importante na elevação da consciência cívica e democrática dos cidadãos, tendo em conta o seu grande poder de influenciar crenças e comportamentos. Por isso, achamos ser inadmissível um órgão de comunicação social que além de informar, tem também a missão de educar, adoptar uma postura que contrarie o principio do respeito a outrem.

Diferente do que consta no famigerado texto de opinião, o MPLA sempre actuou com respeito e tolerância todos os angolanos, independentemente das suas convicções politicas, orgulhando-se por isso, da sua história em defesa dos supremos interesses do povo angolano e dos incontáveis feitos heroicos das mulheres na construção de uma sociedade mais solidaria e progressiva.

Diante do exposto, solicitamos a redacção do Folha 8, que se retrate formalmente pelo facto ocorrido, recorrendo aos princípios éticos e deontológicos que regem o exercício de um jornalismo responsável.

MPLA- MELHORAR O QUE ESTÁ BEM, CORRIGIR O QUE ESTÁ MAL.

DEPARTAMENTO DE INFORMAÇÃO E PROPAGANDA DO COMITÉ CENTRAL DO MPLA, EM LUANDA, AOS 18 DE MARÇO DE 2019

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button