Política

Agora é oficial. Isabel dos Santos exonerada da Sonangol pelo Presidente da República de Angola

O Presidente angolano, João Lourenço, exonerou Isabel dos Santos, filha do anterior chefe do Estado, José Eduardo dos Santos, do cargo de presidente da Sonangol. É substituída pelo homem que despediu.

O Presidente angolano, João Lourenço, exonerou Isabel dos Santos, filha do anterior chefe do Estado, José Eduardo dos Santos, do cargo de presidente do conselho de administração da Sonangol, nomeando para o seu lugar Carlos Saturnino, que deixou o cargo de secretário de Estado dos Petróleos para assumir a petrolífera nacional, disse fonte oficial.

A informação foi confirmada à Lusa pela Casa Civil do Presidente da República, dando conta ainda da exoneração de Carlos Saturnino do cargo de secretário de Estado dos Petróleos, para ocupar a liderança da petrolífera estatal.

[Veja no vídeo quem são os três filhos de José Eduardo dos Santos que perderam poder no mesmo dia]

Setup Timeout Error: Setup took longer than 30 seconds to complete.

A exoneração acontece duas semanas depois de a RTP ter anunciado a saída de Isabel dos Santos da petrolífera pública angolana. Uma notícia que foi prontamente desmentida quer pela filha de José Eduardo dos Santos quer pelo novo governo angolano.

O site de notícias Club-K (bastante crítico do governo angolano) noticiou que os despachos de exoneração assinados por João Lourenço destituíram da Sonangol não só Isabel dos Santos, como também Eunice Paula Figueiredo Carvalho, do cargo de Administradora Executiva; Edson de Brito Rodrigues dos Santos, do cargo de Administrador Executivo; Manuel Lino Carvalho Lemos, do cargo de Administrador Executivo; João Pedro de Freitas Saraiva dos Santos, do cargo de Administrador Executivo; José Gime, do cargo de Administrador Não Executivo; André Lelo, do cargo de Administrador Não Executivo; e Sarju Raikundalia, do cargo de Administrador Não Executivo. Apenas dois foram reconduzidos nos cargos: José Gime e André Lelo.

Pouco tempo depois, no site da presidência angolana, esta mesma informação surgia confirmada.

Carlos Saturnino tem um passado com Isabel dos Santos. O novo presidente da Sonangol tinha sido demitido pela filha de José Eduardo dos Santos da presidência da Comissão Executiva da Sonangol Pesquisa & Produção, em dezembro do ano passado. Isabel dos Santos acusava a Sonangol Pesquisa & Produção de ser débil e de apresentar muitos desvios financeiros. Saturnino não gostou e reagiu acusando a filha do então presidente de falta de ética.

Por isso foi muito noticiada a nomeação de Carlos Saturnino para o governo de João Lourenço. Ainda para mais, Saturnino foi escolhido para dirigir a secretaria de Estado dos Petróleos, órgão que tutela a Sonangol. Pouco tempo depois, confirma-se a exoneração da filha do ex-presidente de Angola que acaba substituída no cargo pelo homem que despediu.

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Leia também

Close
Back to top button