General Zé Grande indisponível para subsistir Geraldo Nunda

O actual  general José Luís Caetano Higino de Sousa “Zé Grande”  manifestou indisponibilidade ao convite que lhe foi recentemente  formulado para se tornar no próximo  chefe do Estado Maior General das FAA, em substituição do general Geraldo Sachipengo  Nunda  que está em fim de mandato. Caso tivesse aceite a tomada de posse iria ocorrer no passado dia 22.
Oriundo dos Serviços de Inteligência Militar, o   “Zé Grande”   é desde o inicio do ano o chefe do Estado Maior General adjunto das FAA para a área operativa e de desenvolvimento.
É muito próximo  ao Presidente  João Lourenço, desde o tempo em que ambos estiveram em   formação militar na extinta União Soviética e depois no ministério da defesa onde fora o responsável pelas relações internacionais. Lourenço aprecia a sua disciplina e a   capacidade   de trabalhar.
 É também um oficial general com a componente acadêmica. Tem um mestrado em  relações internacionais e a fazer o doutoramento pela Universidade de Évora em Portugal. Para além das suas responsabilidades no sector castrense, o general “Zé Grande” leciona  numa Universidade privada  em Angola.
Fonte: Club-k.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *