DestaquePolítica

Ministro reúne com ex-militares

Questões ligadas à formação profissional dos ex-militares portadores de deficiência, inseridos no “Projecto Vem Comigo”, dominaram o encontro realizado na quinta-feira, em Luanda, entre o ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS), Jesus Maiato, e a coordenação do referido programa.

Ministro reúne com ex-militares
Ministro reúne com ex-militares

Formação de ex-militares dominou o encontro
Fotografia: Nilo Mateus | Edições Novembro

Esta informação foi avançada à Angop pelo coordenador do “Projecto Vem Comigo”, Silva Lopes Etiambulo, no final do encontro, tendo referido que na audiência foram ainda aflorados assuntos relacionados com a integração dos assistidos no processo produtivo através da criação de cooperativas de artes e ofícios e agrícolas.
De acordo com o responsável, a coordenação do projecto manifestou a sua preocupação com a fraca implementação da Lei 12/ 16, de 15 de Janeiro, que orienta a reserva de uma percentagem dos postos de trabalho a pessoas com deficiência, tanto em empresas públicas como privadas.
Silva Etiambulo afirmou ser pretensão do “Projecto Vem Comigo” o cadastramento de pessoas com deficiência residentes em municípios distantes das capitais de província, com vista a prestar-lhes o apoio necessário nos seus locais de residência e evitar que tenham de se deslocar por longas distâncias.
Realçou que, no encontro, foi também apresentado um relatório anual das acções desenvolvidas no âmbito da implementação deste programa que já beneficiou mais de 50 mil pessoas portadoras de deficiência.
Silva Etiambulo disse que a prioridade do projecto para este ano são as províncias do Sul e Leste do país para a implementação de acções de reabilitação física, formação profissional e inserção no processo produtivo.
O“Projecto Vem Comigo” é financiado pelo MAPTSS, supervisionado pela Fundação Lwini e coordenado e executado pela Associação Nacional de Deficientes Angolanos (ANDA).

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button