DestaqueSaúdeSociedade

200 mortos por sarampo nos últimos dias na Lunda Norte

Mais de 200 pessoas morreram nos últimos dias em Muxinda, na província angolana da Lunda Norte, revelou nesta quarta-feira, 4, o soba Capenda Camulemba, quem acusa as autoridades governamentais de estarem a silenciar o surto da doença.
Autoridade local denuncia 200 mortos por sarampo nos últimos dias na Lunda Norte
200 mortos por sarampo nos últimos dias na Lunda Norte

O padre Isaac Cassinda, da Igreja Católica Nossa Senhora de Lassalete confirma o elevado numero de óbitos na região, sem citar número,s e convida as autoridades governamentais “a fazer alguma coisa para  conter as lágrimas nas famílias”.

O sacerdote esclarece que “o défice do saneamento básico que se regista naquelas paragens, o consumo de água imprópria das cacimbas e outros factores podem desembocar nas principais causas do surto que leva muitas vidas humanas, sobretudo crianças”.

A VOA procurou ouvir as autoridades locais da província da Lunda Norte mas sem sucesso.

VOA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button