CuriosidadesInternacionalSaúde

Bebés modificados correm risco de morte prematura

Em Novembro de 2018, o cientista chinês He Jiankui anunciou ter criado os primeiros bebés geneticamente modificados para serem resistentes à infecção por VIH.

Bebés modificados correm risco de morte prematura
Bebés modificados correm risco de morte prematura

Fotografia: DR

Em Novembro de 2018, o cientista chinês He Jiankui anunciou ter criado os primeiros bebés geneticamente modificados para serem resistentes à infecção por VIH. O caso que provocou uma enorme polémica, levou ao seu despedimento, pouco depois, da Southern University of Science and Technology (SUSTech), a universidade chinesa onde era investigador, e a uma investigação policial.
Agora, um estudo publicado na revista científica Nature Medicine avança que o procedimento utilizado por He Jiankui comporta um risco acrescido, em 21%, de morte antes dos 76 anos.
Esta é a primeira investigação que analisa as potenciais consequências do procedimento realizado pelo cientista chinês. O trabalho foi realizada por uma equipa coordenada por Rasmus Nielsen, da Universidade da Califórnia, em Berkeley, nos Estados Unidos.
He Jiankui usou uma técnica de edição genética para alterar o genoma dos futuros bebés – entretanto nascidos, os primeiros em Outubro do ano passado – de forma a conferir-lhes resistência à infecção por HIV.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button