Saúde

COVID -19: CIAM transmite conferências para evitar infecção

Luanda - O Centro de Imprensa Aníbal de Melo (CIAM), instituição tutelada pelo Ministério da Comunicação Social (MCS), está a transmitir, via online, as conferências de imprensa sobre a evolução epidemiológica do novo Coronavírus (COVID-19) no país.

A medida, segundo o director-geral, António Mascarenhas, visa evitar aglomeração de jornalistas na sala onde tem decorrido, desde sábado último (21), as sessões de actualização da pandemia, sob égide da Comissão Interministerial para a Resposta ao COVID-19.

Em declarações à Angop, nesta terça-feira, afirmou ser uma iniciativa nova, adoptada pelo CIAM, para inibir pambém presença de “curiosos” e facilitar os internautas e outras pessoas a acompanharem, por esta via, o desenvolvimento da doença no país, em África e no mundo.

Sobre as condições, afirmou que o CIAM, sobretudo a sala de conferências de imprensa, tem criadas condições básicas de comunicação e mobilidade para todos os profissionais, assumindo-se como o “estado-maior” de comunicações sobre a situação epidemiológica do novo coronavírus.

Desde sábado (dia 21), neste local, foram anunciados os primeiros dois casos positivos do novo coronavírus em Angola. A doença infectou dois angolanos do sexo masculino, com idades entre os 36 e 38 anos, que entraram em Angola nos dias 17 e 18 do corrente mês, vindos de Portugal.

Nesta mesma sala, foi também tornado público o terceiro caso, implicado igualmente um angolano, de 23 anos, vindo de Espanha com trânsito em Portugal, sendo a conferência transmitda Online através do site www.ciam.gov.ao.

Tags
Mostrar Mais

Bernardo Seculo

Jovem Empreendedor , Sonhador , Estudante Do Curso de Técnico De Informática, Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button