Enfermeiros devem primar pela deontologia profissional

O procurador titular do Tribunal da Comarca do município do Soyo, província do Zaire, Hernâni Ngunza, exortou, ontem, os enfermeiros da região a primarem pelo respeito da deontologia profissional, para melhorarem a qualidade dos seus serviços.

Enfermeiros devem primar pela deontologia profissional
Enfermeiros devem primar pela deontologia profissional

Hernâni Ngunza fez estas declarações quando apresentava o tema
Fotografia: Edições Novembro

Hernâni Ngunza fez estas declarações quando apresentava o tema “A responsabilidade civil e criminal no exercício da profissão de enfermeiro”, numa palestra promovida pela Ordem dos Enfermeiros de Angola.
Lembrou que o bom atendimento ao público, a pontualidade, o respeito, o profissionalismo, entre outros comportamentos cívicos e morais, são procedimentos indispensáveis para se prestarem serviços públicos de excelência.
Em caso de inobservância das normas deontológicas, o profissional de saúde pode incorrer num crime de negligência, previsto e condenável na lei, visto que tais irregularidades podem provocar lesões ou morte ao paciente.
Há crimes cometidos por acção ou por omissão, em razão do comportamento do indivíduo, como agressão verbal, física e homicídio voluntário (por acção), e por negligência.

JA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *