Saúde

Governo apela envolvimento dos jornalistas na luta contra o Sarampo

O Secretário de Estado da Comunicação Social, Celso Malavoloneke, destacou hoje (quinta-feira), em Saurimo, Lunda Sul, a necessidade de os jornalistas auxiliarem as autoridades sanitárias nas acções de descoberta de novos casos de sarampo.

Fonte: Angop

Governo apela envolvimento dos jornalistas na luta contra o Sarampo
Governo apela envolvimento dos jornalistas na luta contra o Sarampo

Celso Malavoloneke faz parte de uma delegação que, desde terça-feira, trabalha com as autoridades locais na busca de soluções para contrapor a doença, que já causou 46 mortes, num universo de mil e 250 casos registados desde Março do ano em curso.

Para o secretário, com o auxílio dos profissionais da comunicação social é possível detectar mais casos escondidos nos bairros e nas localidades mais recônditas da região.

Apelou, igualmente, ao engajamento dos municípes na sensibilização das famílias, a fim de aderirem aos postos de vacinação.

Considerou preocupante o surto de sarampo, mas defendeu que pode ser controlado se a comunicação for feita de forma pedagógica, tendo desencorajado as famílias a optar pelo tratamentos tradicional em detrimento do convencional, nas localidades onde existem técnicos capacitados e medicamentos para conter a doença.

Por orientação do Ministério da Comunicação Social e da Direcção Nacional de Saúde Pública, foram criados cinco spots publicitários que passarão nos mais diversos programas da emissora provincial da RNA, em português e Tchokwe, com a finalidade de despertar a população para a importância da vacinação contra o sarampo e desencorajar a opção por terapeutas tradicionais.

Integra, ainda, a delegação coordenada pelos secretários de Estado da Comunicação Social, Celso Malavoloneke, e da Saúde Pública, José da Cunha, a directora Nacional de Saúde Pública, Isilda Neves.

O programa de trabalho da delegação inclui encontro com organizações juvenis, responsáveis dos órgãos de Comunicação Social e representantes da sociedade civil, para a criação de grupos voluntários, no âmbito das campanhas de sensibilização e mobilização das comunidades na prevenção e combate à doença.

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button