Saúde de ex-DG do INEA agrava-se

O Estado de saúde do antigo director-geral do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), Joaquim Sebastião continua a merecer cuidados especializados depois da recente recaída que provocou a sua evacuação para a Clinica da Endiama, em Luanda.

Fonte: Club-k.net

Laudo médico determina a intervenção cirúrgica 

Está semana, os serviços prisionais levaram-no para ser observado em duas diferentes unidades hospitalares (Hospital Militar de Luanda e para a Clinica Multiperfil) de forma a submete-lo a exames clínicos. Segundo fontes, em Luanda, os dois médicos (de diferentes hospitais) que o observaram produziram dois laudos recomendando a uma intervenção cirúrgica especializada.

Joaquim Sebastião, está com problemas na próstata. Em finais do ano passado, esteve prestes a ser operado no Brasil, porém devido a quadra festiva, que se aproximava, o seu médico sugeriu que pudesse voltar para Luanda e passar o natal com a família. Porém, em Janeiro quando se preparava para regressar em terras brasileiras, para ser operado, as autoridades angolanas o detiveram devido a sua gestão enquanto gestor do INEA, há 10 anos.

Na última crise a que foi acometido, foi lhe aplicado uma algália para que pudesse liberar-se da retenção urinaria. Recentemente a Radio MFM, noticiou que com a sua detenção aproximando-se dois meses, o estado de saúde daquele antigo gestor,  agravou-se.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *