SIC revela que inspector das Finanças do Cuanza- Sul foi morto por causa de aKz 2 milhões

 

O porta-voz do Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Luanda, Fernando de Carvalho, revelou ontem, durante a apresentação de três supostos assassinos do inspector da Delegação Provincial das Finanças do Cuanza-Sul, Rodrigo Eduardo, que o crime terá sido motivado por 2 milhões de Kwanzas que se encontravam na posse da vítima

Rodrigo Eduardo foi interpelado por um grupo de seis marginais, em finais de Maio último, no momento em que seguia em companhia de um dos seus colaboradores, na sua viatura de marca Hyundai, modelo Elantra, no numa das ruas do bairro Gesso, no município do Cazenga.
Os marginais, empunhando ar- mas de fogo, anunciaram o assalto e retiraram da viatura pasta contendo a quantia financeira acima mencionada.
“Foram surpreendidos por marginais que seguiam em duas motorizadas, munidos de armas de fogo, do tipo AKM, cano serrado, pediram ao financeiro para desligar a viatura”, frisou Fernando de Carvalho.

  • Adicione seu comentário