Sociedade

Alemanha activa programa bolsas de estudos para angolanos

O governo alemão vai activar nos próximos tempos um programa de bolsas de estudos para angolanos, fortalecendo assim a relação entre os dois países, anunciou hoje, terça-feira, em Luanda, o chefe adjunto da missão da Embaixada da Alemanha em Angola, Marco Mahgeis.

“O intercambio comercial  entre os  dois países ainda é muito baixo. Entretanto,  agora abre-se uma nova página de desenvolvimento não só do ponto de vista político, mas  também comercial  e  temos de aproveitar  todas as oportunidades”,  afirmou hoje  o  secretário  de Estado  da Agricultura, Carlos Alberto Jaime,  no final do  encontro que manteve com a vice-ministra dos assuntos de integração europeia do ministério da política agrária e de alimentação da Ucrânia,Olga Trofímtseva.

Entre  os dois países  existem  alguns acordos no domínio da agricultura no  domínio da formação  técnico profissional e  da cooperação do Instituto de Serviços de Veterinária de Angola com a sua congénere ucraniana.

O  Ministério da Agricultura de Angola pretende estabelecer  uma cooperação mais forte  com a Ucrânia  no domínio da comercialização  de medicamentos  de uso veterinários, assim  como a possibilidade de se criar uma câmara de comércio e indústria entre os dois países.
O sector  agrícola angolano pretende trabalhar para que em breve  os empresários angolanos possam  exportação  para  o mercado ucraniano.  Esta exportação  poderá  não só cingir-se à cultura do café, mas também a madeira  e produtos agrícolas de elevado valor.

“Poderão  ser  exportados  dois  produtos  para que  a balança comercial  entre os dois países  seja  mais equilibrada.  Vai se trabalhar também  na importação de alguns  produtos ucranianos (produtos acabados  como frangos,  alguns cereais  e a mão de obra ).  É  importante que  alguns projectos no domínio da agricultura possam ser desenvolvidos em Angola  com recurso a financiamento  ucraniano em parceria com as empresas angolana”, disse Carlos Alberto Jaime .

Por sua vez, a vice-ministra dos Assuntos de Integração Europeia do Ministério da Política Agrária e de Alimentação da Ucrânia, Olga Trofímtseva,  sublinhou que os encontros mantidos apontam para uma  cooperação no domínio da construção de maquinaria, construção naval e de  silos para conservação dos produtos agrícolas.

A Ucrânia mostrou-se também interessada em ver no  seu mercado  empresas angolanas  ligadas à produção de café e de frutas.
A produção agrícola da Ucrânia inclui o trigo, cevada, centeio, milho, beterraba, algodão, batata e legumes.
Na indústria são fortes referência na produção de produtos metálicos e construções mecânicas,  enquanto na indústria mineira  destaque para produção de ferro, carvão , manganês, petróleo e gás natural.

Tags
Mostrar Mais

Ernesto

Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button