Sociedade

Direito de Resposta: “Muangala uniu o partido e venceu 3 eleições” – António Mussumari

O Club-K, publicou um texto sobre o título ERNESTO MUANGALA, DECRETA O FIM DO MPLA NA LUNDA NORTE. Eivado de mentiras e calunias, cujo o objectivo é distrair os menos atentos senão Vejamos: Como diz um adagio popular a verdade é como azeite, misturado com água vem superfície ou seja não será hoje que a mentira dita muitas vezes possa ser verdade.

Direito de Resposta: "Muangala uniu o partido e venceu 3 eleições" - António Mussumari
Direito de Resposta: “Muangala uniu o partido e venceu 3 eleições” – António Mussumari

Vamos nos a ter aos factos.

Desde chegou a Lunda-Norte em junho de 2008, como estava o MPLA? Para quem não se lembra, depois da célebre conferência de 2003, em que o ex GOVERNADOR Dr. Gomes Maiato concorreu com o Dr. José Miúdo, o partido ficou fraturado em duas alas. Alias o actual Presidente da Republica e do Partido naltura secretario geral teve que se deslocar a Lunda-Norte, para por agua na fervura e acalmar os ânimos. Se o camarada Ex-Presidente do Mpla e da República não toma a sabia decisão de tirar as duas figuras não sabemos quais seriam os resultados do Mpla nas eleições de 2008. Não tenho medo de errar de dizer que seriam catastróficos. Muangala teve a arte, o engenho e sabedoria aliado a sua humildade de juntar os cacos que restavam do partido a três meses das eleições, guindar o partido a Vitória eleitoral, em que o MPLA elegeu 4 Deputados e o PRS 1.

Muangala uniu o partido e venceu 3 eleições uma delas por 5 a 0 em 2012, e última novamente por 4-1. Acusações falsas e infundadas daqueles a que todo a custo querem criar um clima de instabilidade no partido e na governação. A história volta a repetir se. Sempre que há um congresso do Partido os detractores do excelente trabalho que está a ser realizado pelo primeiro secretário e Governador da Província, por falta de argumentos refugiam se em tribalismo nepotismo e outras acusações. Não Há tribalismo na Lunda-Norte. Senão vejamos. Secretário geral do governo de natural de Cabinda, Director do Gabinete Provincial da saúde de Cabinda, Director das obras públicas só para citar estes.

• Quanto aos membros do comitê Central. Só dois são do Cambulo Moisés Nele e Ernesto Muangala. Dos actuais membros do comitê Central que são 8. Dois são do Cambulo, Moisés Nele, Ernesto Muangala. Um do Capenda Camulemba, kitamba, Jorge Ribeiro Wefo, Nene Curtia Ihungo, Claudio Lenin Muteba, Paciencia Gomes e Deolinda Satula Vilarinho são todos do do munícipio do Chitato. Neste aspecto é realçar que os camaradas Jose Miúdo e Moises Cipriano naturais do Lucapa e Cuango ja estiveram no Comité central por muito tempo e neste momento sao Deputados a Assembleia Nacional a mais de 2 mandatos.

Dos três candidatos a membros do Comitê Central, dois são do Município do Chitato, Senhor Fernando Terça Guindji e a senhora Domingas Zeferino. O senhores Caquece Imanhe é de facto do Cambulo mais entrou por via das estruturas centrais do Partido em Luanda e senhor Quipungo é natural do Xa-Muteba.Por outro tribalista é o autor do texto que se esconde atrás de nomes falsos, para antingir objectivos inconfessos.

Por que acha que as pessoas do Cambulo mesmo competentes não podem ser nomeadas por serem da terra onde o Governador nasceu. Quer dizer que neste momento nenhum natural de Benguela pode assumir nenhum cargo de responsabilidade no aparelho do estado por que seria tribalismo e regionalismo pelo facto do actual chefe estado ser de Benguela.

Os detratores sempre a arranjarem formas de atingirem os seus objectivos. Mas uma coisa eles se esquecem; “A mentira só dura quando a verdade não chega.” Qualquer cidadão militante ou não do MPLA, sabe que este Partido nunca esteve tão coeso como nos últimos 10 anos. Revejam os resultados no MPLA, nos últimos três pleitos eleitorais. O MPLA, ganhou nos Municípios da Lunda-Norte.

António Mussumari

Fonte: Club-k.net

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button