Sociedade

Empregada violada dentro de um colégio

Uma cidadã, de 23 anos, foi violada no interior de um colégio, localizado no Bairro da Calemba, Distrito Urbano da Maianga, em Luanda, supostamente, por um colega de serviço, de 56 anos, que já se encontra detido.

Empregada violada dentro de um colégio
Empregada violada dentro de um colégio

Fotografia: Dombele Bernardo

De acordo com informações da Polícia Nacional, o facto ocorreu, por volta das 12h20, quando o acusado ofereceu a jovem uma garrafa de água, que continha, presumivelmente, uma substância tóxica.

Sem desconfiar das reais intenções do colega, a empregada bebeu a água e minutos depois perdeu os sentidos e acabou por desmaiar.

O homem, segundo fonte da Polícia Nacional, que vimos citando, aproveitou-se do facto de a jovem desmaiar para levá-la para uma das salas do colégio, onde forçou o acto sexual.
Inconformada com o sucedido e após despertar, a jovem notou que foi abusada sexualmente, tendo de seguida apresentado uma queixa-crime, numa das esquadras da Polícia Nacional, o que culminou com a detenção do acusado. No bairro Malanjino, município do Kilamba Kiaxi, em Luanda, um adolescente de 13 anos foi detido pela Polícia Nacional, supostamente, por ter estuprado uma criança de cinco anos.

O caso ocorreu, quando o menor, vizinho da vítima, apercebeu-se que os pais da criança se encontravam ausentes de casa.

O menor foi entregue ao Departamento do Julgado de Menores, Junto do Serviço de Investigação Criminal, para o devido tratamento.

Foi também detido, um idoso, de 60 anos, supostamente, por estuprar a enteada de 12 anos, com quem vivia na mesma residência, na comuna de Cassanje, município de Xá -Muteba, província da Lunda -Norte.

O acusado aliciou a menor com valores monetários e forçou o acto sexual.
O porta-voz da Delegação Provincial de Luanda do Mi-nistério do Interior, intendente Mateus Rodrigues, alertou as pessoas para evitar deixar crianças sozinhas e a circular em altas horas da noite, uma forma de evitar os abusos sexuais.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button