DesportoSociedade

Jovem cometeu suicídio após ser agredido pelo pai da namorada

O jovem Jardel Manico, 20 anos, cometeu suicídio por enforcamento na madrugada de quarta-feira, no bairro da Boa Esperança Central, Distrito Urbano do Kicolo, município de Cacuaco, depois de agredido pelo pai da rapariga que engravidou e a quem, segundo dizem os familiares da menor, persuadiu a abortar.

Jovem cometeu suicídio após ser agredido pelo pai da namorada
Jovem cometeu suicídio após ser agredido pelo pai da namorada

Fotografia: DR

Depois de os pais da menina descobrirem que a filha tinha feito o aborto dirigiram-se à casa dos familiares do rapaz, com o propósito de este lhes mostrar a pessoa que efectuara o aborto, pedido que Jardel Manico não atendeu, o que atiçou a ira do pai da rapariga.
Como consequência, o pai da rapariga agrediu o rapaz que, vexado, fugiu para casa de um amigo, onde acabou por cometer suicídio.
António Kossengue, pai de Jardel Manico, manifestou-se entristecido com o acontecimento, pois, na sua óptica, o pai da rapariga devia ter optado pelo diálogo, ao invés da violência.
A coordenadora do sector 6, do bairro da Boa Esperança Central, Fátima Seleno, disse ao Jornal de Angola que com o suicídio de Jardel Manico, aquela zona sob sua jurisdição já vai no quinto caso, porque ali registam-se muitos problemas de gravidez precoce.
Segundo o Jornal de Angola apurou, as duas famílias, a do rapaz que se suicidou e da rapariga possuem laços de parentesco, pois os dois eram primos por afinidade.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button