Sociedade

Mais de 100 crianças acusadas de feitiçaria foram atiradas ao rio!!!

Mais de 100 crianças acusadas de práticas de feitiçaria nas províncias de Cabinda, Zaire, Malanje e Bengo, nos últimos três anos, foram atiradas aos rios pelos familiares, informou uma equipa de investigadores nacionais do Centro de Estudos e Investigação em População (CEIP).

Em declarações ao Jornal de Angola, o director do Centro, Ndonga Mfuwa, disse ter constatado no terreno que muitos pais e encarregados de educação lançam os filhos aos rios para, de seguida, serem devorados pelos jacarés, alegando serem feiticeiros.

“Nestas províncias muitos acreditam no feitiço, mas, infelizmente, não conseguem provar que um determinado individuo é feiticeiro”, lamentou o especialista.

“Como investigadores, vamos trabalhar com as autoridades civis e do Estado para pôr termo a este fenómeno”, disse Ndonga Mfuwa, que garantiu endereçar o processo às autoridades tradicionais para solução do caso “Feitiçaria Infantil”.

Tags
Mostrar Mais

Bernardo Seculo

Jovem Empreendedor , Sonhador , Estudante Do Curso de Técnico De Informática, Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button