Sociedade

Moradores da Quiçama gritam “Socorro”

O Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, admitiu hoje que os munícipes da Quiçama, sobretudo os das comunas de Quixinge, Demba-Chio e Mumbondo, vivem situações muito difíceis, particularmente em questões de mobilidade, fornecimento de água potável e energia eléctrica.

Moradores da Quiçama gritam "Socorro"
Moradores da Quiçama gritam “Socorro”

Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, constatou a dura realidade das populações da Quiçama durante uma visita de dois dias
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro | Lubango

Bornito de Sousa chegou a esta conclusão no final de uma visita de 48 horas à Quiçama. Os munícipes aproveitaram a presença do Vice-Presidente da República para reforçar o “grito de socorro”. Cristóvão Correia, representante da sociedade civil da Quiçama, considerou que a mudança do município, outrora da província do Bengo, actualmente pertença de Luanda, em nada contribui para o desenvolvimento da região.
Cristóvão Correia, que falava na presença do Vice-Presidente da República, durante o Conselho de Auscultação Municipal, disse haver comunas que, desde o alcance da Independência Nacional, em 1975, nunca tiveram um investimento de grande impacto no sector das estradas.
O membro da sociedade civil pediu ao Vice-Presidente que seja portador dessa e outras preocupações ao Titular do Poder Executivo.
Bornito de Sousa garantiu que alguns desses problemas podem ter solução no mais curto espaço de tempo e outros a médio prazo.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button