Mulher mata acidentalmente a filha por asfixia no Lubango

Uma criança de dois anos de idade foi morta domingo, no Lubango (Huíla), por asfixia, quando a sua mãe de 21 anos de idade, aparentemente embriagada, deitou-se sobre ela.
Mulher mata acidentalmente a filha por asfixia no Lubango
Brinquedos de criança se misturavam aos escombros das casas SOPA Images

A informação foi avançada hoje (terça-feira) à Angop, pelo porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, inspector-chefe Luís Filipe Zilungo, no balanço do fim-de-semana da corporação, tendo dito que o crime sucedeu por volta das 19 horas no bairro Comandante Cowboy.

Este é o segundo caso do género em dois meses no Lubango. Em Fevereiro uma mãe de 27 anos matou o filho por asfixia em circunstâncias semelhantes.

No mesmo período, referiu, pelas 15 horas um cidadão de 21 anos de idade foi espancado até a morte por dois amigos de 20 e 26 anos, após desentendimento num convívio nos arredores do mercado municipal do Mutundo, no Lubango.

Sapo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *