Sociedade

Ordem trava registo de falsos advogados

O advogado Luís Paulo Monteiro, único candidato a Bastonário da Ordem dos Advogados de Angola, revelou ontem, em Luanda, já ter havido detenções de pessoas que tentaram adquirir, de forma fraudulenta, a carteira profissional.

Luís Paulo Monteiro, que se torna hoje, dia do pleito eleitoral, o quinto Bastonário da Ordem dos Advogados de Angola, não mencionou o número de detenções feitas até hoje, mas disse que já “existiram casos de falsificações grosseiras de cédulas profissionais que levaram indivíduos à cadeia”.
“Nos dias actuais, as falsificações estão em todo o lado. Entram em todo o lado. Nós procuramos manter as linhas de segurança possíveis”, assegurou Luís Paulo Monteiro, de 47 anos, 25 dos quais ao serviço da advocacia, profissão que, na sua opinião, deve continuar a ser exercida exclusivamente por angolanos, como está preceituado na Lei da Advocacia.

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Leia também

Close
Back to top button