Sociedade

Tchizé acusada de mobilizar passeatas pela paz

Uma mensagem posta a circular, esta segunda-feira (15), nos grupos do whatsup, ligados ao MPLA, acusa a deputada, Tchizé dos Santos de estar “a organizar passeatas pelo país” em homenagem a paz, que no ponto de vista dos seus autores, tais iniciativas servem “para branquear a imagem e onda crítica que pairam sobre o omnipresente, infalível, incontornável e vitimizado arquitecto da paz”.

Fonte: Club-k.net

Mobilização de 3 mil  kupapatas irrita regime 

Tchizé acusada de mobilizar passeatas pela paz
Tchizé acusada de mobilizar passeatas pela paz

A acusação que revela desunião no seu dos camaradas, deixa subentendido a ideia de que os seus autores – não identificados – estejam a referir-se a uma passeata realizada no final de semana último na província de Benguela e que fora promovida pela Associação Jovens Unidos e Solidários (JUS). A Mega Passeata, conforme justificaram os seus promotores foi “em Alusão o Dia da Paz e em Homenagem ao Arquiteto”.

Irritados pela iniciativa, os mentores da acusação alegam que “Isso é sacanagem” e que “deviam deixar o homem descansar no seu cantinho, por que expo-lo permanentemente, quando o actual quadro do país não o deixa confortável. Que filha é essa????”.

Em reação as acusações, Tchizé Santos que se encontra no exterior do país, já respondeu esclarecendo que “não organizei e não dei dinheiro a Kupapatas” para promoverem passeatas pela paz. Por outro, aproveitou a ocasião para saudar a passeata considerando que “JES merece”.

“O MPLA sempre financiou homenagens ao Presidente Agostinho Neto e nunca ninguém disse que devíamos deixar o guia imortal descansar em paz.”, declarou a parlamentar deixando um recado: “Os Bajús devem parar de tentar ofuscar o nome de JES para agradar a quem incomoda que ele seja lembrado e dito. Curem-se da Dor de cotovelo e da hipocrisia, que o país é de todos”.

De acordo com o correspondente da emissora católica em Benguela, Zé Manuel, a passeata contou com cerca de 3 mil jovens kupapatas, para saudar o mês da paz e da juventude angolana, com t-shirts estampadas com imagem do ex-PR José Eduardo dos Santos e o slogan “arquitecto da paz”.

No final da passeata a organização “ofereceu” 6 mil kwanzas para cada Kupapatas, como subsídio de combustível e alimentação, num gasto acima de um milhão de kuanzas.

De acordo com algumas fontes, consultadas por Zé Manuel, para a decisão do asseguramento da passeata, esteve debaixo de algum impasse, entre o comando da polícia e o governo de Benguela, só desfeito, com a presença do próprio governador Rui falcão no acto de partida.

Tchizé acusada de mobilizar passeatas pela paz
Tchizé acusada de mobilizar passeatas pela paz
Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button