Tecnologia e Ciência

Facebook celebra 30 anos de existência da GIF

Mais de uma nova resistência, parece que o Facebook está definitivamente disposto a um elemento básico da internet para sua plataforma principal: o GIF. O formato já é suportado por outros produtos da empresa, como o Facebook Messenger e o WhatsApp, mais que nunca é sua vida e sua vida. Qual seria o motivo dessa decisão tomada pelo império de Mark Zuckerberg? O 30º aniversário do GIF, claro!

Se você, assim como eu, é um amante da extensão e de como ela contribuiu para uma comunicação na web, como é como eles são um cair no seu agrado. O que é um programa de edição de caixa de descrição do objeto agora permite vasculhar o repositório imenso do Giphy atrás de um GIF perfeito para responder a um amigo sem noção, um postagens vergonhosas feitas por parentes ou simplesmente para mostrar a sua malemolência, não é Importante para as pequenas imagens animadas.

 

Por padrão, a caixa que surge na tela quando o formato for clicado faz uma série de sugestões baseadas em arquivos populares ou envios que estão em alta no momento, mas é só usando o campo de busca nesse caso para o casamento com opções Disponível. Para os usuários brasileiros, e é o que está disponível e para o suporte para o nosso idioma. Na prática, isso significa que a pesquisa pode ser feita com palavras em português e não apenas termos e expressões em inglês.

Veja sobre o novo Xbox One

Infelizmente, a chegada do GIF ao Facebook não é completa. Isso porque, em primeiro lugar, a nova ferramenta aparentemente só pode ser usada em perfis pessoais, com o botão sumindo completamente de páginas corporativas e fanpages – o que torna mais difícil colocar aquele GIF nojento na página do seu político “preferido”. Além disso, como o recurso fica restrito à caixa de comentários, não é possível iniciar uma postagem com esse formato sem depender de soluções e sites de terceiros. Resta torcer para que isso mude no futuro e o suporte a esses arquivos fique ainda mais amplo.

Fonte: Newsroon

Tags
Mostrar Mais

Ernesto

Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button