Tecnologia e Ciência

João Lourenço determina abertura de novo concurso nas telecomunicações

João Lourenço determina abertura de novo concurso nas telecomunicações
João Lourenço determina abertura de novo concurso nas telecomunicações

O Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, assinou hoje um Despacho que estabelece as regras e os procedimentos para a abertura de novo concurso para se encontrar o quarto Operador Global no sector das Telecomunicações no país, depois da anulação, há uma semana, do primeiro concurso com igual propósito:

Tendo sido anulado o Concurso Limitado por Prévia Qualificação para a adjudicação do Contrato de Serviço Público de Comunicações Electrónicas, cuja decisão de contratar fora formalizada por Despacho Presidencial nº 21-A/18, de 23 de Fevereiro;

Havendo necessidade de se proceder à abertura de novo concurso, em obediência aos princípios da transparência e concorrência, para a atribuição de um Título Global Unificado para o 4º Operador Global no sector das Telecomunicações;

O Presidente da República determina o seguinte:

1.- É formalizada a abertura do procedimento de Concurso Limitado por Prévia Qualificação, aberto à participação de entidades estrangeiras, para a adjudicação do Contrato de Concessão de Serviço Público de Comunicações Electrónicas para a atribuição de um Título Global Unificado para o 4º Operador Global no Sector das Telecomunicações;

2.- É criado o Grupo de Trabalho responsável pela condução do procedimento concursal, integrado pelas seguintes entidades:

a) Ministro das Finanças – Coordenador;

b) Ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação;

c) Ministro da Economia e Planeamento.

3.- São delegadas competências ao Grupo de Trabalho para a prática dos actos subsequentes correspondentes ao procedimento, designadamente:

a) Nomeação da Comissão de Avaliação;

b) Aprovação das peças de procedimento concursal;

c) Verificação da validade e legalidade, para eventual aproveitamento ou conformação de todos os actos praticados no âmbito do referido Concurso.

4.- O Coordenador do Grupo de Trabalho deve manter o Presidente da República informado sobre todas as fases do procedimento concursal e remeter o relatório final para efeitos de adjudicação.

5.- O Grupo de Trabalho é autorizado a fixar o valor em Kwanzas equivalente a 120 000,00 dólares norte americanos para a aquisição das peças do procedimento.

6.- Ao Grupo de Trabalho é delegada competência para contratar, mediante procedimento de contratação simplificada, consultoria nacional ou internacional que repute indispensáveis para garantir a preparação técnica e especializada das peças do procedimento, bem como para auxiliar a Comissão de Avaliação na apreciação das candidaturas e propostas para a atribuição do Título Unificado Global para o 4º Operador de Comunicações Electrónicas.

7. As dúvidas e omissões suscitadas na interpretação do presente Despacho Presidencial são resolvidas pelo Presidente da República.

CASA CIVIL DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA em Luanda, 25 de Abril de 2019

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button