AngolaNotícias

Unitel preside a grupo de trabalho internacional sobre fraude e segurança nas telecomunicações

A operadora Unitel foi eleita para presidir ao um grupo de trabalho específico dedicado ao tratamento dos temas de fraude e segurança críticos para a indústria de telecomunicações em África, indica hoje um comunicado oficial.
Unitel preside a grupo de trabalho internacional sobre fraude e segurança nas telecomunicações

Segundo o documento, divulgado pela APO Grupo, uma empresa de comunicação, a Unitel ascendeu à presidência do GSMA Association Africa Fraud and Security Group (AFASG), batendo na votação final a multinacional MTN e a marroquina Wana.

No comunicado é indicado que o mandato tem um período de dois anos, renovável por mais dois, mediante avaliação do trabalho realizado e sujeito a nova eleição.

A nomeação resulta de um processo de candidatura que se consubstancia na apresentação de um Plano Estratégico de Liderança para o Grupo em África, submetido à consideração dos seus membros, com a função de presidente a ser assegurada por José Carlos Sobreira Martins, diretor de Risco, Fraude e Segurança da Unitel.

Fazem parte do AFASG, os grandes grupos de telecomunicações no continente africano, como como a Orange e MTN (ambas com 18 operações em África), Airtel (16), Vodafone/Vodacom (8) e Millicom/Tigo (4), além de outros operadores móveis individuais e membros associados, tais como empresas de venda de tecnologia, como a Ericsson e Huawei.

O AFASG é uma entidade inserida na estrutura do GSMA Association que, por sua vez, representa os interesses a nível internacional de todos os operadores de telecomunicações móveis do mundo, congregando mais de 800 operadoras móveis e cerca de 350 empresas associadas.

A Unitel conta como accionistas as empresas PT Ventures, Sonangol, Vidatel e Geni, todas com igual participação acionista de 25%.

Isabel dos Santos, através da participação que tem na Vidatel, foi, até terça-feira, presidente do conselho de administração da operadora, enquanto o general Leopoldino Fragoso do Nascimento (grupo Geni, próximo de José Eduardo dos Santos, ex-chefe de Estado angolano) é presidente da mesa da assembleia-geral da empresa.

Na terça-feira, na assembleia geral da Unitel, foi aprovado um novo conselho de administração, que terá de entrar em funções até 06 de maio, após o que, na primeira reunião, terá de escolher um novo presidente.

Segundo o comunicado sobre a Assembleia Geral, além de Isabel dos Santos, o novo conselho de administração integra também Amílcar Safeca, João Boa Quipipa, Luiz Rosa e o gestor português Miguel Geraldes, que foi escolhido como Diretor-Geral.

Miguel Geraldes junta-se à Unitel vindo da representação na África do Sul da empresa chinesa Huawei, tendo também desempenhado, durante nove anos, o cargo de Managing Director da MTC Namíbia, a operadora de telecomunicações namibiana.

Tags
Mostrar Mais

Ernesto

Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button